8 dicas para praticar Stand Up Paddle

Um dos desportos aquáticos que se tornou mais popular nos últimos anos é o Stand Up Paddle (SUP). Um desporto que não necessita de muito tempo para aprender e é a opção perfeita para desfrutar com a companhia de familiares e amigos.

Se pretendes praticar este desporto, deves ter em conta algumas bases para aproveitar ao máximo essa experiência, que pode ser feita tanto em mar aberto como em águas mais calmas.

Se é a primeira vez que vais ter contacto com este desporto, recomendamos que comeces numa escola de paddle surf, onde aprenderás os básicos do SUP e evitarás adquirir maus hábitos. Depois de algumas aulas de paddle surf, já estarás viciado e a desejar ter o teu próprio material.

Segue estas 8 dicas de SUP para principiantes

Se estás interessado em praticar paddle surf, vamos dar-te alguns conselhos chave para que possas iniciar da melhor forma:

1. Verifica as condições meteorológicas

Praticar paddle surf é relativamente simples e muito agradável quando a água está calma. No entanto, o vento e as ondas podem dificultar a estabilidade e o progresso.

Antes de saltar para a água, avalia a zona onde vais praticar SUP, bem como as condições meteorológicas para esse dia.

Para começar, o ideal é escolher um dia com muito sol e muito pouco vento. Se escolheres um dia com ondas e ventos fortes, é bem provável que a tua experiência não seja das melhores. Portanto, antes de ir, vê o estado do mar na internet. Com apenas alguns minutos vais garantir um passeio mais agradável.

2. Não esqueças destes elementos de segurança

Embora o paddle surf pareça uma atividade calma e sem riscos, não devemos esquecer que é praticado no mar (ou em qualquer outro ambiente aquático) e as suas condições podem mudar de um momento para o outro. Para isso, recomendamos que uses um colete salva-vidas.

O que nunca pode faltar na tua prancha é o leash. Este deve estar atado à tua perna e à prancha de SUP na outra extremidade. O leash impedirá que te afastes da prancha se caires na água.

Finalmente (e embora seja óbvio):

  • Evita aproximares-te de áreas rochosas ou rasas;
  • Mantém uma distância segura do resto dos praticantes;
  • Afasta-te de barcos motorizados.

3. Usa equipamento adequado a ti

Escolhe a pagaia que melhor se adapta a ti e que permite remar com mais facilidade. Recomenda-se que esteja entre 15 cm e 20 cm acima da tua altura.

Quando falamos em “equipamento”, também nos referimos a trazer protetor solar para evitar queimaduras e água para te manteres hidratado.

E, claro, deves estar atento à roupa que melhor se adequa à prática de SUP. Um fato de banho é o habitual se as temperaturas não descerem abaixo dos 21°C. Caso contrário, recomendamos fatos de neoprene de acordo com a temperatura da área.

Conheces a Praia de São Rafeel? Descobre a praia mais sossegada de Albufeira

4. Trabalha o equilíbrio

O SUP requer menos equilíbrio do que o surf clássico. Ainda assim, é necessária estabilidade suficiente para evitar quedas. No paddle surf, não são apenas as pernas que trabalham para o equilíbrio, o trabalho deve ser de todo o corpo para manter a postura adequada. Movimentos bruscos com os pés devem ser evitados de modo a evitar quedas.

O ideal é primeiro treinar com a prancha em terra firme, na margem onde será atividade sem estragar a quilha e ficar por cima para aprender a posição corretamente. Afasta as pernas (mais ou menos a largura dos ombros) e com os joelhos ligeiramente fletidos. Assim é como se consegue uma maior estabilidade.

Antes de entrar na água, deves colocar o cordão de segurança à volta do tornozelo. É melhor praticar paddle surf em zonas tranquilas, sem obstáculos com os quais se possa colidir. Evita praias com ondas grandes e rios com correntes se for o teu primeiro dia de SUP.

Uma vez na água, apoia o peito em cima da prancha e move-te em direção ao centro enquanto te ajoelhas sobre a prancha. É aconselhável subir pela parte de trás do SUP. Se tiveres problemas de equilíbrio, ou se estiver vento, podes usar a prancha de joelhos, esta posição é muito fácil e confortável. Depois de estares de joelhos, podes começar a remar para se ganhares equilíbrio gradualmente.

Quando se trata de manter o corpo equilibrado no centro da prancha e executar cada braçada corretamente, praticamente todos os grupos musculares do corpo são trabalhados. A parte superior do corpo é responsável por exercer a força necessária através da pagaia para mover a prancha, enquanto a parte inferior do corpo tem a função de controlar o equilíbrio na prancha.

Portanto, todos os nossos músculos estão ativos o tempo todo: a parte inferior das costas, o abdómen, as pernas, as nádegas, o peito, os braços… ajudam-nos a ganhar estabilidade na prancha de paddle surf.

5. Usa o corpo

Não remas apenas com os braços. Tal como acontece com o equilíbrio, o processo de remada deve ser praticado com todo o corpo, o que te permitirá dominar a tua prancha e ajudar-te a controlar o teu movimento através das ondas.

Caso sintas algum desconforto nos cotovelos e ombros significa que estás a usar excessivamente os braços. Se pretendes uma atividade sem dores intensas, sugerimos que utilizes outras zonas como o peito, as pernas ou o abdómen.

6. Mantém os olhos no horizonte

Embora pareça óbvio, deves estar atento ao que está por vir no teu caminho, para saber lidar com qualquer imprevisto durante o passeio. Por vezes estamos tão concentrados nos movimentos que nos esquecemos de olhar para a frente!

Além disso, olhar para o horizonte também garantirá uma postura corporal adequada, que não teríamos se estivéssemos com a cabeça para baixo. Se olharmos constantemente na direção da prancha, perderemos a postura e o equilíbrio na prancha.

7. Separa as mãos e afunda a pagaia

Ao remar, é comum juntar muito as mãos. No entanto, isso é um erro, pois podemos perder o equilíbrio! A forma correta de remar é manter uma mão na ponta enquanto a outra está no meio da pega. Assim, a qualidade do remo não será afetada.

Ao remar, deves esticar os dois braços e afundar totalmente a pagaia. Caso contrário, o esforço será o mesmo, mas seu progresso será muito menor.

8. Aprende a cair

Apesar de tudo o que dissemos para evitar que percas o equilíbrio, existe sempre o risco de cair. E é normal que isso aconteça com qualquer desporto aquático.

No entanto, existem diferentes maneiras de cair. Não é desejável cair de repente na água e bater acidentalmente com a pagaia ou até mesmo com a prancha. Fica atento a essas situações caso percas o equilíbrio para evitar acidentes desnecessários.


Com estas dicas, estás mais do que preparado para entrar na água sem medos. Estas dicas de paddle surf vão ajudar-te a evitar em grande parte os imprevistos, para que possas divertir-te sem medos ou complexos.